Facebook Twitter
 
   
   
   
 
 
Notícias
 
Gostou? Compartilhe com seus amigos!            
 
Publicado em 26/02/2018, as 02:50:42
 
 

Paulistano/Corpore conquista o título inédito da Liga de Desenvolvimento

Campeão Estadual Sub-19 e adulto, com uma grande formação na Base, o time da Capital ganha pela primeira vez o LDB

 
Marcelo Zambrana/LNB
Notícias
A equipe do Paulistano, campeão brasileiro sub-20, momento de agradecer pela nova conquista do clube
 

O Paulistano/Corpore é o novo campeão do Campeonato Brasileiro de Clubes – Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB). Na noite deste domingo (25), diante de ótimo público no Ginásio Antonio Prado Jr, a equipe do técnico Beto Jayme venceu a decisão contra o São José Basketball, por 83 a 73, e conquistou o inédito título do maior campeonato de base do basquete brasileiro.

O Campeonato Brasileiro Interclubes – Liga de Desenvolvimento de Basquete é uma competição nacional Sub-20 de clubes organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), com apoio da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) e parceria do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC).

A campanha do Paulistano foi impecável. Com 14 vitórias em 14 partidas, a equipe do técnico Beto Jayme repetiu o feito dos títulos do Solar Cearense em 2014 (28 vitórias em 28 partidas) e do Sesi Franca Basquete em 2016, que venceu nove confrontos em nove oportunidades.

O inédito título da LDB foi a “cereja no bolo” da temporada do Paulistano. Em 2017, o clube conquistou os títulos dos Estaduais Sub-13, Sub-17, Sub-19 e e Adulto e agora finalizou a caminhada com o troféu do campeonato nacional Sub-20, a Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB).

“É uma sensação maravilhosa. Sei o quanto esses meninos trabalham, se esforçam, treinam fora de hora, treinam com o adulto com a mesma intensidade. O título é deles, eles são guerreiros. O Paulistano abriu as portas para eles, sempre procura investir em garotos e vem dando muito certo. Agradeço muito ao Paulistano pela oportunidade que me deram, agora vamos comemorar”, disse o técnico do Sub-20 do Paulistano, Beto Jayme.

A dupla de garrafão do Paulistano fechou a sétima edição da LDB com troféu individual na mão. Depois de fazer 26 pontos na semifinal contra o Pinheiros, o ala/pivô Victão registrou um expressivo duplo-duplo de 20 pontos e 10 rebotes na decisão e faturou o troféu de MVP da Fase Final da competição. Já o pivô Dikembe, autor de 17 pontos e nove rebotes, ficou com o troféu de MVP de toda a LDB. O jogador finalizou o campeonato com médias de 13,6 pontos, 7,9 rebotes e 17,4 de eficiência.

Em sua segunda final consecutiva, o São José fez uma campanha baseada na superação. Depois de abrir a competição perdendo os quatro primeiros jogos e correndo o risco de não se classificar para a fase final, a equipe do técnico Chris Ahemd se reergueu, foi ao Final Four e chegou a mais uma decisão. É um trabalho que, de fato, mereceu todos os aplausos.

A valentia e o brilho nos olhos certamente foram os grandes trunfos da equipe joseense, que desbancou o “favorito” Franca na semifinal e bateu de frente com o campeão invicto Paulistano. Os destaques joseenses na partida que decidiu o título ficaram por conta do ala Pedro Rogério, com 19 pontos, do armador Lucas Lacerda, autor de 15 pontos e sete assistências, e do ala Rodrigo Maiorino, que deixou o banco e registrou 11 pontos.

“Nos faltou um pouco de calma no final. Tivemos calma para encostar no placar, mas não para virar o jogo. Faltou um pouco de experiência para a nossa equipe, até para nós mais experientes que estávamos a bola, de pegar a bola, acalmar o jogo e organizar. Mas o que vale é o campeonato maravilhoso que fizemos. Superamos muitas dificuldades no campeonato e fomos à final. Sem dúvidas estamos todos de parabéns”, declarou Pedro Rogério, ex-Paulistano e um dos destaques do São José.

Franca vence Pinheiros na disputa de 3º e fica com bronze

O terceiro lugar da sétima edição da LDB é do Sesi Franca Basquete. No início da tarde deste domingo, no Ginásio Antonio Prado Junior, em São Paulo, o time do interior paulista dominou o EC Pinheiros e venceu a disputa pela medalha de bronze, por 69 a 48.

Os “splash Brothers” foram fundamentais para o triunfo francano. Autor de 18 pontos, Gui Abreu foi o cestinha do time e ainda contribuiu com expressivas sete bolas recuperadas e seis rebotes. Já Didi marcou 15 pontos no segundo tempo e totalizou 17 na partida.

“Não fomos bem ontem na semifinal, mas sabemos o quanto era importante ficar com o terceiro lugar. O Daniel (técnico) falou muito conosco sobre isso e entramos muito concentrados nessa partida. Jogamos no nosso ritmo e conseguimos uma bela vitória”, disse Gui Abreu.

Do lado pinheirense, o grande destaque foi Danilo Sena. Chamando a responsabilidade em vários momentos, o camisa 17 foi o cestinha do clube da capital com 18 pontos (6/10 nos arremessos de quadra).

Confira as premiações finais da sétima edição da LDB:

- Individuais

MVP da Fase Final: Victão (Paulistano)
MVP da LDB: Dikembe (Paulistano)
Líder em eficiência: Guilherme Abreu (Sesi Franca)
Líder em rebotes: Wallyson (Solar Cearense)
Líder em assistências: Felipe Ruivo (Pinheiros)

- Coletivas

Campeão: Paulistano/Corpore
Vice-campeão: 
São José Basketball
3º lugar: 
Sesi Franca Basquete
Equipe com menos erros: São José Basketball
Equipe líder em eficiência: Paulistano/Corpore

Classificação final da sétima edição da LDB:

1º - Paulistano (14 vitórias em 14 partidas)
2º - São José Basketball
3º - Sesi Franca Basquete
4º - EC Pinheiros
5º - Solar Cearense
6º - Curitiba Basquete/Círculo Militar do Paraná
7º - Minas Tênis Clube
8º - Flamengo
9º - Sogipa (RS)
10º - Praia Clube (MG)

 
Fonte: Assessoria de Imprensa - LNB
 
 
+ Notícias  
 
Parceiros | Patrocinadores
Penalty   CBB   Sport4Life
 
 
 
 
Assista os jogos do campeonato
A-1 Masculino 2017
AO VIVO.
 
 
FPB
 
© 1994-2018 - Todos os direitos reservados
Federação Paulista de Basketball
 
Rua Frei Caneca, 1407 - 4º Andar
São Paulo - SP - Brasil - Cep 01307-003
Fone: +55 (11) 2112-1900
Horário de Atendimento : De Segunda à Sexta-Feira das 13:00hs às 19:00hs