Facebook Twitter
 
   
   
   
 
 
Notícias
 
Gostou? Compartilhe com seus amigos!            
 
Publicado em 20/03/2018, as 21:17:02
 
 

Jr. NBA faz Congresso Técnico em São Paulo e conta com apoio da FPB

O evento aconteceu nesta terça-feira (2), na sede da FPB e contou com a participação do Presidente Enyo Correia e de Daniel Soares, da NBA

 
Divulgação/FPB
Notícias
Enyo Correia, presidente da FPB e Daniel Soares, da Jr. NBA, durante o Congresso Técnico realizado em São Paulo
 

São Paulo (SP), 20 de março de 2018 – Depois do sucesso em 2017, a NBA anunciou nesta terça-feira, dia 20, a temporada 2018 da jr. nba League no Brasil. E com muitas novidades. Na edição deste ano, além da competição no formato tradicional no masculino, com a participação de 30 equipes, haverá também a disputa no feminino, com 12 times. Ao todo, mais de 600 meninos e meninas de 12 a 14 anos (nascidos a partir de 2004 e não federados) de 42 escolas (particulares e públicas) e projetos sociais – cada escola representa uma franquia do basquete profissional americano -, vão estar em quadra no campeonato que será disputado entre março e junho, nos mesmos moldes da liga profissional dos Estados Unidos, ou seja, com temporada regular, playoffs e finais. A segunda edição traz também, pela primeira vez, o ‘All-Star Game’ para a garotada, além de contar com a chancela da Federação Paulista de Basketball.

O Congresso Técnico foi aberto pelo presidente da FPB, Enyo Correia, que desejou boas vidas aos participantes, bem como deixou a entidade à disposição das equipes para qualquer interesse de todos junto ao basquete do Estado. "É um prazer receber todos vocês e deixo as portas da Federação abertas para todos vocês. Aqui é a casa do basquete de São Paulo. E é com enorme satisfação que a Federação irá participar da segunda edição da Jr. NBA, inclusive cedendo nossos árbittos para a competição", afirmou Enyo Correia. O diretor de oficiais, Antônio Carlos Affini, também falou aos presentes de como será o andamento da arbitgem na competição.

– Vimos na edição do ano passado que a plataforma jr. nba se conecta muito bem com as escolas. O basquete já está presente no dia a dia desses jovens, seja por meio do jogo, da simples prática da atividade esportiva ou pelo estilo de vida. Essa garotada acompanha NBA, entende, torce, segue a liga e seus ídolos, está mergulhada no mundo da liga. O campeonato do ano passado foi bem disputado e ficamos impressionados com o engajamento de escolas e alunos. Só nas finais, por exemplo, foram mais de 130 mil pessoas acompanhando a transmissão ao vivo pelo Facebook. Estamos trazendo novidades para essa nova edição, a competição cresceu, temos o torneio das meninas, incluímos datas no calendário, como o All-Star Game, e estamos preparando ainda muitas surpresas para nossos fãs – afirmou Rodrigo Vicentini, Diretor Sênior de Parcerias Globais de Marketing, Novos Negócios e Eventos da NBA no Brasil.

Tudo começa com o Draft Combine, neste sábado, dia 24 de março, no Colégio Miguel de Cervantes, quando os atletas passarão por testes e avaliações de desempenho. Os resultados servirão de base para a definição dos rankings masculino e feminino para a cerimônia do Draft (dia 2 de abril, no Teatro das Artes), onde cada equipe vai saber qual camisa vai vestir no campeonato. Uma vez definidas as franquias, as equipes serão separadas em divisões, assim como acontece na NBA, e cada divisão terá seus confrontos em uma sede. Serão cinco sedes, cada uma com seis equipes e as chaves serão formadas de acordo com a proximidade geográfica. Além disso, pela primeira vez, será realizado o ‘All-Star Game’, em 12 de maio, com torneios individuais, shows, o tradicional ‘Jogo das Estrelas’ e muito mais.

Como premiação, a organização vai oferecer troféus ao ‘MVP’ (Melhor Jogador) do All-Star Game e da competição, aos vencedores dos torneios individuais do ‘All-Star Weekend’ e anéis aos campeões, exatamente como acontece na NBA.

A jr. nba League é uma plataforma de sucesso em mais de 20 países como Espanha, Sérvia, Rússia, Congo, Itália, Quênia, Turquia, Argentina, México e Inglaterra, entre outros.

PROGRAMAÇÃO
24.03 – Draft Combine
(Colégio Miguel de Cervantes – endereço: Av. Jorge João Saad, 905 – Morumbi / São Paulo)
02.04 – Draft 2018
(Teatro das Artes / Shopping Eldorado – endereço: Av. Rebouças, 3.970 – Pinheiros / São Paulo)
05.04 a 09.05 – Temporada Regular
12.05 – All-Star Game
(Colégio Miguel de Cervantes)
18.05 a 20.05 – Camp jr. nba
(Clube Alto dos Pinheiros – endereço: rua Guerra Junqueiro, 115 – Alto de Pinheiros / São Paulo)
26.05 a 02.06 – Playoffs
09.06 – Finais
(Colégio Salesiano Santa Teresinha – endereço: rua Dom Henrique Mourão, 201 – Santa Teresinha / São Paulo)

RELEMBRANDO 2017…

O Colégio Bandeirantes, representando o New Orleans Pelicans, foi o campeão do primeiro jr. nba League no Brasil. Na decisão do torneio, disputada no Colégio Salesiano Santa Terezinha, o Pelicans / Band derrotou o Philadelphia 76ers / Dante Alighieri por 24 a 21 em confronto definido nos segundos finais. Rodrigo Gaspar, do Bandeirantes, foi eleito o ‘MVP’ (Jogador Mais Valioso). Nos desafios de arremessos e habilidades, cada escola teve um representante: Francisco Moura (Detroit Pistons / Escola Castanheiras) foi o vencedor nos arremessos, Guilherme Camargo (Golden State Warriors / Santi) levou a melhor em habilidades. Guilherme foi ainda o maior pontuador do campeonato. O Colégio Eduardo Gomes (Dallas Mavericks) foi a equipe preferida no ‘Torcidômetro’.

Abaixo a relação das equipes participantes da jr. nba League:

MASCULINO
1 – Jardim São Paulo
2 – Escola Castanheiras
3 – Colégio Bandeirantes
4 – Colégio Notre Dame
5 – Colégio Presbiteriano Mackenzie Tamboré
6 – Colégio Amorim
7 – Fundação Bradesco Jardim Conceição
8 – Colégio Dante Aighieri
9 – Colégio Etapa
10 – Escola Santi
11 – Colégio Albert Sabin
12 – Colégio Salesiano Santa Teresinha
13 – Colégio Santo Américo
14 – Escola Morumbi
15 – Colégio Eduardo Gomes
16 – Colégio Humboldt
17 – Colégio Vértice
18 – Colégio Stella Maris
19 – Colégio Mater Amabilis
20 – Graded School
21 – Colégio Miguel de Cervantes
22 – St Paul´s School
23 – Colégio Pentágono Morumbi
24 – Colégio Batista Brasileiro
25 – Colégio Marista Arquidiocesano
26 – Instituto Superação
27 – Instituto Brazolin
28 – Santa Fé Hunters
29 – Instituto Passe de Mágica
30 – Escola Pública Professor Jacomo Stavale

FEMININO
1 – Colégio Bandeirantes
2 – Colégio Presbiteriano Mackenzie Tamboré
3 – Colégio Amorim
4 – Colégio Etapa
5 – Colégio Dante Alighieri
6 – Colégio Albert Sabin
7 – Colégio Vértice
8 – Colégio Miguel de Cervantes
9 – St. Paul’s School
10 – Recanto Verde Sol
11 – Instituto Passe de Mágica
12 – Graded School

Todas as informações sobre a jr. nba League, tais como nomes dos atletas, informações das equipes, tabela de resultados e fotos para download em alta resolução, disponíveis no site www.jrnbaleague.com.br.

Para mais informações sobre as iniciativas da NBA no Brasil, acesse as redes sociais da liga no país: Facebook.com/NBABrasil, Instagram @NBABrasil e Twitter @NBABrasil. Durante a jr. nba League, a NBA vai promover a hashtag #jrnbaLeague.

 
Fonte: Assessoria
 
 
+ Notícias  
 
Parceiros | Patrocinadores
Penalty   CBB   Sport4Life
 
 
 
 
Assista os jogos do campeonato
A-1 Masculino 2017
AO VIVO.
 
 
FPB
 
© 1994-2018 - Todos os direitos reservados
Federação Paulista de Basketball
 
Rua Frei Caneca, 1407 - 4º Andar
São Paulo - SP - Brasil - Cep 01307-003
Fone: +55 (11) 2112-1900
Horário de Atendimento : De Segunda à Sexta-Feira das 13:00hs às 19:00hs